quarta-feira, 1 de agosto de 2012

O Conto de um Nostradamus . Parte 1






00:00 , uma mulher entra gritando no melhor hospital da cidade, com fortes contrações, ela é encaminhada em direção a sala de cirurgia. Seu nome era Ellena Nostradamus, a filha mais nova de um dos maiores empresários do mundo , descendente de vários outros Nostradamus e atual chefe da família que por si só carrega anos de existência, o que lhe dava uma influencia tão grande quanto seu legado, da qual eu era só uma espécie de guardião ( um tutor por assim dizer ).
O Filho de Ellena ( nosso querido protagonista ) nasce as 02:00 horas da manhã de uma quinta feira, 28/10/1995 e recebe o nome de Vladmir Nostradamus, coitado!... mal sabia ele que nascera para ser o centro de uma terrível história.


Bom comecemos:




           Eu fui designado para ser seu tutor, porem Vladmir  desde de cedo  foi uma criança muito frágil tanto emocionalmente quanto fisicamente o que não agradou seu avo o antigo chefe e ainda verdadeiro chefe da família Nostradamus, pois todos da família desde pequenos sempre apresentaram habilidade excepcionais. Sempre achei que Vladmir seria uma pessoa muito especial quando crescesse, mas todos até sua mãe pensavam diferente, reprimiam ele  por não ser tão “bom” quanto as outras crianças da família.
          A infância de Vladmir fora muito difícil, crescendo assim um tanto marcado, uma criança quieta com emoções reprimidas ao Maximo, a prova disso é que ele passava seus dias tentando caminhar com um paço por cada quadrado do piso que levava do seu quarto até o local aonde ele estudava, vendo quadrados imaginando neles caminhos e variações de seguimentos que faziam seu mundo um pouco mais elegante e animado, loucura de pessoas reprimidas e fracas, isso seria o que diriam, mas eu achei extraordinário o meio de Vladmir tomar algumas atitudes, simplesmente intrigante.
           Vladmir passou o final de sua infância e juventude por inteira nessa brincadeira, aonde uma criança que tentava colocar um é por quadrado de pedras que definem caminhos de terra em praças, sem conseguir, mas sempre tentando alcançar um objetivo sem sentido, medindo sua capacidade até que um dia ao caminhar pela praça em direção a sua casa ele encontra algo que definitivamente mudou a sua vida.


          Olhando para o chão aonde caminhava Vladmir trompa com uma menina ruiva de olhos verdes. – Tunm, Clash..... Com um estrondo e vários livros ao chão, abrindo os olhos Vladmir vê uma figura inusitada, cabelos negros e lisos bem cumpridos, olhos esverdeados e escuros e de longe uma vós chegava até seu ouvido;

-- Você esta bem ?                            A voz perguntava.
-- Tudo bem com você                      A voz repetia.



          Mas Vladmir só conseguia ficar olhando para a figura com que tinha se deparado , uma figura também de certo  modo excepcional.

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Um Amor Através do Tempo Final em Pensamentos



                                                          Pensamentos Finais :


            Eu nunca pensei em como fica-vá feliz só de estar perto dela, foi muito bom poder compartilhar alguns segundos com ela novamente. A menina portadora de um sorriso estonteante e meigo ao mesmo tempo, capaz de derrubar o mais bruto dos seres humanos. Ah! Se eu tive-se conseguido conquista-lá a alguns meses atrás, seria lindo e ao mesmo tempo pavoroso de tão alucinante e emocionante.
             Memórias de um amor que seguiria através do tempo, sim!, isso mesmo, um amor tão sublime que simplesmente não saberia como conquista-lo.
           Ela é uma pessoa que me faria colocar adjetivos eternamente, sem vontade de parar. (como eu gosto dela) pena que o brilho do anel em sua mão não me deixou continuar em seu caminho, até mesmo porque, o que é lindo e belo devemos deixar livres por si, assim conquistaremos eles se  e só se formos dignos de seus feitos e suas afeições!  ..................................................................... 




             Bom, acho que seria isso a melhor parte da minha vida, não imagino como poderei conhecer uma pessoa tão especial assim, e acho também que não mereço uma chance nova, pois eu peguei a melhor de todas e joguei no lixo, não fui capaz de conquistar o que me faria continuar em  vida  ....

            Agora só me resta um bom livro, com uma poltrona macia, um grande e suculento copo de cafe com o que eu chamo de slurb , uma mistura de tudo que tem em seu banheiro com rótulos de caveirinhas....

          Eu diria que o gosto não é tão ruim, não tão ruim quanto saber que você nunca mais teria chance de recuperar o que mais te faz feliz; que te faz tão bem! Além disto tem gosto de frango o que ameniza  a queimação que causa em sua garganta!

--------------------------------------------------------------||-------------------------------------------------------------------


                                                          J  a  z          a q u i !                 
                                              O Filosofo que sempre procurou!





Um amor Através do Tempo Parte Final 1

01 de Agosto,  Finalmente para o eternamente!









Robert ajudava Alice a levantar e ficava admirando suas exóticas feições! 


- Hahaha! eu tinha me esquecido como era divertido ficar perto de você!


- Haha! Robert você sempre me vendo em momentos assim! rsrsrs!



Robert olhava atentamente para Alice e com um suspiro de alienação ele abaixa a visão e fala um longo  :

- Adeus  Alice!..........


Sem mais precedentes e de supetão Robert arranca em direção a saída da Universidade rumo a sua casa. Ele não olhava aos lados e nem queria interrupções ele queria somente um nova chance de final feliz!


domingo, 29 de julho de 2012

Um amor Através do Tempo Parte 6

23 de Julho , Um dia que prometia fim , seguido  de um inicio ou não!








Robert acordara bem cedo, como antes não fazia, fez a barba, renovou a aparência e tomou folego.
Folego para que ? Para conquistar a sua felicidade !

16:00 :


Ela deve passar a qualquer momento, eu tenho que ver ela , por favor me ajudem a ver ela !


Eu gostaria tanto de poder estar ao lado dela, nem que fosse mais uma vez, melhor se fosse mais uma vez para sempre!

Eu não intendo como e nem intendo o "porque", mas ao olhar o jeito dela eu fico tão feliz, impressionante como ela consegue fazer alguém como eu, ficar tão debilitado na sua frente!, costuma vá até brincar que ela tinha kryptonita em suas roupas pois eu simplesmente não funcionava perto dela, meus super poderes era desativados ....




17:15  :

Passos desengonçados ao longe, cabelos esvoaçados e lábios de formas esculturais e peculiares, uma combinação que sempre fora definida por Robert como exótica!


Alice vira correndo o caminho da biblioteca, estava atrasada e sem querer tropeça em meio a seus lindos All's Tar's desamarrados. Uma mão é levada a seu encontro oferecendo ajuda e que tem uma irmã que recolhia uma serie de pertences que fora ao chão de uma forma um tanto inusitada !






Ele : Oi !

Ela : hãn ...

Ele: hahaha! Você continua a mesma de antes, não ?

Alice levanta seus olhos e se depara com um rosto familiar um tanto embaçado pelo efeito do tombo, mas ainda sim familiar! Robert, sim era ele mesmo!





Um amor Através do Tempo Parte 5

Dia 22 de Julho, O Importante é que sempre o sol ira nascer, com você feliz ou não!


Com uma rotina programada Robert não sentia muita vontade de sair do padrão, "Porque deveria sair" ,
" Para que Fazer" , isso era o que ele fazia em seus pensamentos, monopolizado com ideias perdidas.

......................


Estuda, limpa, deixa, Come, dorme, anda e respira.........

 Eu só tenho que fazer isso , é o necessário.
Porque não deu certo ? Eu não intendo , simplesmente parecia tudo tão maravilhoso e agora fica tudo tão sombrio, eu não intendo, .....


 Corta, Protocola, senta e fala.....................


Robert pensou muito em porque, como e por onde, mas não se dava conta o motivo de não poder consumar seus sonhos, de não conseguir ficar feliz ao lado dela .....


Volta, casa, destino, impetuosidade..........................................


Eu convivo no mesmo mundo que ela, eu não posso deixar ela sair dele assim do nada.


Nasce nesse instante uma chama que talvez faça com que Robert sobreviva a mais alguns dias, nunca se sabe!





quarta-feira, 30 de maio de 2012

Um amor Através do Tempo Parte 4


Dia 17 de Julho,  A lotos sempre permuta em direção que o vento revela...
                                           Ela veiooooooooooo.............

              Eu estava indo em direção ao grupo de estudo que eu participo na universidade, chamado “Cabeças-Rolando”, e no caminho avisto minha linda Alice vindo com sua pasta de Arquitetura em minha direção, eu corri como se não a vice a anos, e abracei ela com todo meu amor.., amor eu disse amor, sim! Era com toda certeza isso que eu sentia no momento, amor e realização de ver Alice mais uma vez!

              Eu abandonei totalmente meu plano de estudo naquele dia e tirei mais uma vez um tempo para com ela passar. Falamos sobre diversas coisas e em minha mente só havia algo que, eu realmente queria falar. Com um impulso inesperado eu olhei com todo a minha essência nos olhos dela, respirei fundo e comecei o discurso:

- Alice eu queria te falar algumas coisas.

- ah! Ok, então fala Robert? O que seria essas coisas?

- Eu não conheço jeito mais simples de falar do que esse que eu vou expressar agora, eu peço que você só não de risada ok?

- huh! Ok! Juro!

- Eu não consigo mentir sobre quase nada Alice, e acredite no que eu vou dizer, pode parecer ridículo, mas por favor ouça até o final. Eu não consegui tirar você do meu pensamento desde o dia em que te vi pela primeira vez!

Seria impossível dizer qualquer coisa que contrarie isso, eu posso ficar horas descrevendo o que é isso que fica me desmontando ao ver você sorrir, que me tira toda e qualquer quantidade de recursos pensantes, e acredite, por favor, eu não consigo chamar esse sentimento de algo que não seja amor!

- Robert , eu ..., eu não.. sei o que falar ! Eu gosto de você também mas eu sinceramente não sei o que fazer hahah, ( com uma cara muito avermelhada Alice demonstra um olhar encantador, de forma impressionante )

- Deixe que eu tomo a frente mais uma vez, minha flor!

( respirando bem fundo Robert  fala )  
Alice eu me declaro em sua frente e pergunto se aceitaria você, firmar um namoro comigo?

- Robert, eu nem sei como dizer, mas eu não posso aceitar esse seu pedido, eu não serviria para você. Eu nem me sirvo!

Acredite quando digo que é melhor você não ficar tão apegado a min!

( rapidamente Alice vira e sai correndo pelo corredor a baixo )

                Robert ao sentir um peso de dois alqueires de pedras sendo derramado em sua cabeça, ele ajoelha e sente um vazio em nível cósmico dentro de si. Não sabe o que fazer nem para onde correr, na verdade! A frase que mais combinaria com ele neste momento seria: Só sei que não vale mais nada saber.


Fim do dia, do sentimento, do sentido das coisas para Robert que fora para sua casa e atolou-se na cama, donde desejava nunca ter saído.

Um amor Através do Tempo Parte 3


Dia 16 de Julho:           a escuridão nada mais é do que a falta de luz!
 Eu não achei a Alice pela universidade.

           O dia começou muito ruim, no meu serviço temporário, um cliente me agrediu verbalmente, de forma muito agressiva, o que me deixo triste, pois embora eu tive-se errado em um processo simples, direito algum tinha ele de fazer o que fez.

           Em busca de um resquício de alegria eu fui para a universidade mais cedo, a fim de procurar minha querida Alice, busca essa que não tive êxito algum, ela não apareceu no corredor. Triste, devido ao meu dia deprimente eu fui tentar ver aula, mas infelizmente não consegui, nem preciso informar o porquê disto.

          Fim de curso eu me dirigi a minha doce casa em meio à chuva que cortava o silencio noturno.

Alice e seus pezinhos!









  Eu acenei e ela veio a meu encontro, sorrindo eu puxei assunto, mas via que ela estava meio reprimida, a partir dessa percepção resolvi mudar o jogo e  tentar conhecer ela melhor. E Com o passar de alguns minutos percebi outra coisa encantadora em Alice, ela parava com seus pés, calçados por “Allstar’s” pretos, inclinados fechando assim quase um triangulo. Eu não saberia o motivo, mas nunca tinha me chamado atenção para coisas assim, não até aquele momento.

terça-feira, 29 de maio de 2012

Um Amor Através do Tempo! Parte 2


                           Dia 15 também, de julho, ponto para quem acertou!...
                   Chovendo inesperadamente, pois o dia começou com 37º C, nada bom.

      Comecei o dia como de costume, acordei tarde, almocei e depois de enrolar bastante  fui cedo para a universidade,  não podia perder a chance de ver ela de novo.
           Andei horas pela universidade e nada de encontrar a minha admirada Alice, mas não me dei por vencido, pelo menos por mais 10 minutos que fora o tempo demorado até chegar no ultimo quiosque e pedir um suco de maracujá (meu favorito), e depois de alguns minutos com um andar hilariante ela aparece cortando o corredor com seu jeito único, único a ponto de não saber como o descrever.

          Eu acenei e ela veio a meu encontro, sorrindo eu puxei assunto, mas via que ela estava meio reprimida, a partir dessa percepção resolvi mudar o jogo e  tentar conhecer ela melhor. E Com o passar de alguns minutos percebi outra coisa encantadora em Alice, ela parava com seus pés, calçados por “Allstar’s” pretos, inclinados fechando assim quase um triangulo. Eu não saberia o motivo, mas nunca tinha me chamado atenção para coisas assim, não até aquele momento.

           Alice se demonstrara cada vez mais receptiva as minhas brincadeiras, e isso me mostrou um fato curioso sobre ela, que seu principal fator de personalidade era o extremo acanhamento, acanhamento esse que ela tinha a respeito de quase tudo. ( teve uma vez que a mesma não pegou um salgado na cantina pois alguém pedira ela junto dela, e só havia um salgado do tipo e por demorar um pouco em relação a seu pensamento ela desistiu por não acreditar que merecia o salgado, “hahahaha” , bons tempos demos boas risadas neste dia.)
Eu conversei bastante com Alice e mais uma vez ao final do dia eu ia me despedir dela para seguir até meu curso quando uma ideia passou a minha mente, em seguida perguntei aonde ela morava, com um sorriso ela me falou que morava em um bairro distante da federal e que ia de ônibus até o lugar, sem pensar duas vezes me ofereci para levar ela até o ponto de ônibus, felizmente ela aceitou tal proposta.

            No ponto de ônibus eu conversei mais com Alice cito aqui a parte mais memorável de nossa conversa:

- Ah!, Mas você é perfeita cara, como pode se manter tão reclusa assim?

- Nha!, rsrs... Nem é assim, eu só sou um pouco vergonhosa e mais nada.

- E tu nunca tentou algum método para mudar isso? Partindo do fato que você quer mudar isso, não quer?

- Querer é claro que quero, mas eu tenho vergonha, hahaha!

- Eu posso oferecer minha ajuda?

- Sim,
(neste momento ela me presenteou com um sorriso de olho fechados, simplesmente lindo.)

           E em seguida eu fui separado do sorriso pelo fato do ônibus o qual ela embarcaria, abordava o ponto no exato momento. Despedindo-me segui meu rumo ao curso de Filosofia, o qual na aula de lógica, minha melhor matéria, eu mais uma vez queimei o tempo pensando em formas de ajudar minha doce Alice.

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Um Amor Através do Tempo! Parte 1


                                     

                                    Dia 14 de julho, A vida é Bela com sal e canela!

       Um dia ensolarado e com uma falta de frio exorbitante que aparentava ser mais um dia comum aqui em minha cidade:
Hoje eu estava a passear pela via principal da universidade aonde se encontram os quiosques de lanches e afins, um dia comum, porem em torno do penúltimo quiosque eu avisto uma jovem de rosto novo o qual obviamente não conhecia, falando com uma amigo de grande quantidade de risadas embora o conhece-se a pouco tempo. Como era de se esperar ele me avista e em seguida vem ao meu encontro.

- “Fala maninho, beleza”

-  Sempre, e você?

-  Estou bem, ó vem aqui, vou Le apresentar uma pessoa.

            Ele me leva de encontro a tão exótica menina que de longe eu avistara e eu inesperadamente e sem saber o porquê disto, sou cometido por um intenso frio na barriga, o que me leva a um estado de completo desapego aos meus planos (Esse estado seria o momento que tudo o que você sabe desaparece, o que leva  você  a fazer besteiras sequenciadas ) .Ao chegar de frente a face tão inovadora eu me pego preso dentro de uma dimensão só minha eu vejo o sorriso meigo de beleza particular e extremamente cativante, junto com olhos castanhos que tirariam todo o ar do primeiro que bobeasse ao passar por ela.  Fiquei admirando ao que pareciam horas na minha dimensão, porem não passará nem um minuto em tempo real. Eu ouvi no fundo as seguintes falas:

- Maninho,essa é a Alice

- E Alice esse é meu maninho Robert

- Olá Alice, prazer
 (eu disse com a maior coerência e me esforçando para esconder a cara de bobo)

- Oi, Robert, igualmente.

                 Queria ficar olhando o sorriso dela mais um pouco, não !queria ficar olhando o sorriso dela para sempre, nunca me encantara por uma pessoa desse jeito, fui pego de surpresa por um sentimento que eu desconhecia totalmente os parâmetros de comportamento. 

                 E a partir das apresentações eu fiquei à tarde com eles observando ela sem comentar muito, brincando de vez em quando para manter a alegria e não dar na cara que eu estava admirado por Alice, ”ai“ como esse nome me causa “borboletas estomacais”.

                  No final da tarde e começo da Noite obrigatoriamente, eu me despedi e fora para meu curso. (e a propósito digo aqui que morro decidido de encerrar minha vida não por fazer filosofia e na mesma existir alguns ideais que levam a esse resultado, mas sim de motivos que serão descrito até o fim desse depoimento.) Mesmo estando fortemente focalizado no ideal que fora apresentado na aula( Metafísica diga-se de passagem) eu não conseguia tirar da minha mente o sorriso da fantástica Alice, a ladra dos meus conhecimentos.

Fim do Meu dia por completo eu me deito na cama e somente consegui pensar na menina que conhecerá hoje, em um dia que não tinha nada de incomum, nada que me fizesse acreditar em fadas.

Prólogo ! De Um Amor Através do Tempo!











Ola meu nome é Robert e eu venho através deste lhe informar o porquê de eu decidir partir. Partir não em sentido de viagem, de um local para outro em questão de cidades e estado, mas sim de uma vida para a ausência da mesma, o que sem mais delongas chamaria de morte.
Sem mais demoras deixo a baixo o que me levou a tomar esta decisão
Conto aqui uma história que retrata o ápice da minha vida ...
  






Agneu PARTE 2


                         

                                       Quinta-Feira ; 01: 23 Noite da Cebola Radioativa :

            Agneus fica perplexo com a expressão do dono do bar, quando o mesmo da um passo a frente Agneus tropeça e cai de costas ficando em uma posição desfavorável contra o senhor que lhe olhava estranhamente, o homem começava a a espumar pela boca e pegando uma faca que se localizava na parte de hortifruti ( que era usada alias para cortar melancia e embalar as mesmas ) vai em direção ao menino que nesse momento já se colocava de pé e pegando um melão explodia-o na cabeça do desvairado armado de uma faca que vinha em sua direção, não sendo o suficiente o menino sente uma repulsa e do nada uma voz em sua cabeça repete as seguinte palavra por varias vezes em tom baixo ...: Destrua-o.....destrua-o.....
Sem pensar em nada o menino vê suas atitudes como se fosse um piscar de olhos, ao abri-lo percebe que o corpo do dono do bar estava inerte em um buraco na parede a sua frente.

            Agneus olha sem entender nada, o que parecia ser um homem chamuscado e esfumaçando na parede, enfiado de tal forma côncava que surpreenderia todo e qualquer professor de arquitetura por tamanha realização. Agneus abaixa seus olhos até sua mão e via que dela vinha fumaças também e  ao se aproximar mais de perto do cadáver percebe que tem uma queimadura do formato de uma mão na testa e no pescoço do que parecia ser o ex dono de bar!

           Agneus sai correndo do bar com medo da falta de consciência que parecia persegui-lo ultimamente, mas sem muito sucesso de sair do mesmo ele sente a pressão em suas pernas aumentar e mesmo ele se esforçando para levar uma delas a frente ele não conseguia movimentar ela nem um centímetro, pois o movimento contrário estava sendo feito as pernas dele se juntando em uma preção crescente envolvendo-o no calcanhar. vroshH! Uma corda com pesos em suas pontas o laçará pelas pernas!

           Agneus ia ao chão sem tempo de por suas mãos para aparar a queda o que lhe permitiria evitar o impacto monstruoso que sua face tinha para com a calçada do bar. Sem desmaiar imediatamente  Agneus ainda consegue abrir um olho e o focar a seu lado aonde uma bota tampava seu campo de visão, porem em poucos segundo depois de avistar a bota Agneus cede a dor incandescente que irradiava pela regia da testa!

                                                                    ZzzzZZZzzzZZZZzzz.......
                                       - Acorde ssiissshhs!...................
                        -Acorde....................
- ACORDE!!!

          Agneus sai do negro do inconsciente para ser agraciado com a lucidez do agora, ao abrir seus olhos lentamente, percebe que estava não mais no chão do bar (embora sua testa ainda doesse) olhando direito depois de alguns segundos vê algumas coisas serem definidas em meio a escuridão da mesma aonde havia uma mesa azul cristal no centro com uma lamparina que iluminava a parte mais baixa da parede de fundo que parecia estar manchada de algo viscoso e de cor vermelha ou vinho ( não conseguira decidir devido a dor na testa) , mas sem demorar muito percebe o que parecia ser pernas de pessoas em meio a escuridão que provavelmente estavam a observar Agneu.

 Ele não sabia por que estava ali nem quem eram as pessoas que o assistiam em meio a seu desmaio, na verdade Agneus não sabia mais nada além da falta de saber que tinha em posse no momento.

Agneus Parte 1


                 Agneus um menino de 17 anos que como  todas as pessoas estranhas é um perfeito filho esperado por todos os pais ele estuda muito, tira notas boas, tem educação e muitas outras qualidades. Mas um dia tudo isso viria a mudar!



                                                          Quarta feira, dia do Azul:


         Agneus se levanta como sempre ( antes de todos ) e sai para a faculdade de Direito, porem devido a uma súbita vontade ele resolve tomar um caminho diferente, um caminho que passaria por uma antiga praça abandonada, onde antigamente ele fora vitima de um atropelamento. Agneus nunca tivera voltado até então naquele lugar.
Ele da duas voltas na praça, e no final da segunda ele simplesmente desmaia do anda,  quando volta a sua consciência ele esta deitado em baixo de uma arvore em uma praça, o problema que a mesma ele não fazia a ideia aonde ficava.

        Agneus se levanta e olha devidamente todo o lugar e não reconhece nenhum aspecto por ali. Saindo correndo em direção qualquer, ele chega a um bar, um único local que estava aberto e bem estranho, pois ao chegar à porta do bar ele percebe que já era de noite e que por sinal estava havendo um eclipse nesse mesmo instante que ele olhava ao céu de uma noite um tanto iluminada diríamos!
        Agneus entra correndo no bar e procura alguém La dentro, e ao achar o dono do mesmo ele percebe sua face horrorizado, como se ele fosse um prisioneiro procurado mundialmente, o pior é que logo Agneus descobriria que ele estava sendo procurado, não mundialmente, mas por uma grande vastidão de terras!

Olivia - Unica - Forte!


                                                         Olivia a menina do Sorvete!


    Olivia uma menina simples que vivia sempre indo ao mercado para sua mãe, mas um dia ao decidir descer pela rua do lado esquerdo do mercado ( andando assim mais 2 quadras ) é surpreendida por um cachorro feio com tufos de pelos por todo o corpo ( faltando em algumas partes diga-se de passagem) ela resolve cruzar a rua para não passar perto do mesmo, porem ele levanta e vai se alinhando com ela conforme a mesma anda, ficando a cada passo mais aflita a menina resolve voltar para a rota de costume, mas é surpreendida ao virar de costas a mesma presença no meio da rua a alguns paços dela.. Quem? .. Um cachorro igual o que ela deixara a suas costas!

- Como assim? ( Olivia fala consigo mesma )
                   E ao virar para sua direita e tentar outra direção à mesma figura lhe aparecia!

      Olivia não pensa duas vezes e sai correndo para a direção contraria e com os olhos fechados ela corre pelo que pareceu ser alguns minutos e chega até outro local mais escuro, com uma praça abandonada cheia de capim seco pelos cantos e brinquedos enferrujados a menina resolve sentar no "meio fio" ( beirada da calçada para forasteiros descrentes ) e ao passar de alguns minutos ela recupera o fôlego.
- O que poderia ser aquilo, como isso é possível.
- Ainda bem que eu consegui sair de lá!
       Olivia ao virar a cabeça para o lado, Olivia avistara o cão horrendo ao seu lado de forma que pareceria preparar-se para um bote e com tamanha situação repentina ela se joga para frente com uma arrancada para sair de perto da besta com todas as suas forças, felizmente ela consegue facilmente, porem ao fazer isso ela se encontra localizada ao meio de uma rua e como era de se esperar um carro vinha pela mesma e sem diminuir nem por um segundo sequer, o carro (preto com desenhos cromados a sua volta, modelo Palio-wekeend )  acerta Olivia arremessando a mesma a mais de 7 metros até ela explodir contra o muro!

        E assim termina a pequena história que da final a vida de nossa querida Olivia que morreu com dor de cabeça e uma vontade de ter um cachorrinho.
Ahh! Sem deixar de contar que não fora possível reconhecer o corpo dela pela face somente pela arcada dentaria!

quinta-feira, 10 de maio de 2012



Olá pessoas do meu universo, estou aqui demonstrando algo inusitado ,eu estarei a partir de hoje introduzindo posts mais frequentes aqui no chipa, estou sem tempo devido a afazeres de universitário
 ( ainda mais de filosofia!), mas quem sabe não. Fica dica se eu vencer a preguiça eu conseguirei inovar por aqui , bjss e té mas ver!

domingo, 18 de março de 2012

Ae se ve e tanananam!

Eu estava como sempre andando pelo mundo em rumo de "algo"!




Ae uma menina  me viu e veio ao meu encontro perguntando
- eu vi você na federal !.................... tu estuda lah ?


EU:


- Sim !, finalmente entrei e lalalala.....

Ela:

- Ah legal, pow que curso tu segue lah ?

EU:


- FIlosofia! ^^!( eu sorrindo )

Ela:


- nossa cara mas vc parecia tão normal ! 


( nesse momento eu pensei ! Bitch!)

EU:

- Nada cara..., engano seu aushdua! normal é uma categoria da qual eu infelizmente não consigo participar!


Ela: 

- auhnn! Bom e tu faz filosofia pra que ?



Eu:


- Para aprender a cozinhar ! ( mentira não falei isto ) Para tentar satisfazer a procura desse algo que eu tenho! Embora eu ainda não consiga denominar o "Algo" eu sinto falta do mesmo! Estudar filosofia me anima , eu realmente gosto. Talvez eu somente busque uma solução para problemas!



Ela: 


- hunnn! legal ... tchau ..................................



E foi andando embora!





E assim termina mais uma história de preconceito ! Preconceito que nesse caso é somente a aglomeração de burrice o suficiente para entender algo que aparenta ser complicado ...... Quem faz filosofia lah! ta Ligado!













terça-feira, 13 de março de 2012

NANAGIGI!






Eu acredito  nessa menina! fundamentalmente !


Pensa em alguem super ein! kkk e gostamos de toddynho *-* !



GOGOGO! NÁA! SUA LINDA!

O nome dela é Bruna!

Eu conheci a Bruna hoje!


Finalmente *-*




Diga-se de passagem que levamos bons anos para nos conhecermos realmente!

Eu fiquei bem feliz :

História:


Fizemos Crisma juntos, eu falava com muitas pessoas
( ate mesmo porque eloquência sempre foi meu forte o/ )
Eu via uma menina em especial que aparentava não me dar trela
Porem eu queria muito falar com ela !
E adivinha só a menina também compartilhava do mesmo interesse !
Essa menina ( Bruna ) disse que não ia falar comigo de vergonha!
Fator igual que não me deixava ir falar com ela . T_T

------anos depooiss-----


Eu andando em um evento de "ANIME"
Andando avisto de longe um rosto familiar
Que ao se aproximar me surpreende em uma face a muito não vista!
A menina que me intrigava voltara a aparecer em minha vida!
Em um momento constrangedor de compra e venda de "PET's"
Nós trocamos as primeiras palavras que foram :

EU -- ELA
-- OI
--OI..
-- Eu te conheço de algum lugar só não lembro direito!
-- Sim, Sim Fizemos crisma juntos e nos vimos varias vezes !
-- Verdade, Puts .. ^^

Neste momento um ser vendedor queria vende-lá a min como um PET!
Erro meu ao não comprar ... : (
Pois poderia ter finalizado ali algo que se estenderia por mais tempo!


--mais anos, ----


Le "EU" no cyber em que trabalhava , brincando com "coisas"!
Entra uma menina da qual eu me lembrava e tinha já um apreço!
E adivinha mais uma vez não conversamos !
Somente nos cumprimentamos e eu super atendi ela!
Meu poderes de comentarista oportuno não funcionaram com ela ..¬ ¬


---meses depois ----

Andando pela UFMS para analisar pessoas !
Encontro uma pessoa interessante a qual já conhecia de Vista!
E à cumprimento ! O qual ela retorna!
Porem nada de conversar!

----Dias depoiis ---  : )


Eu andando mais cedo na universidade para conhecer pessoas e analisa-las
pois não conheço coisa mais legal
Eu ao chegar no ultimo quiosque de venda o famoso "SUCÃO"
Pedi que me fizessem um suco de maracujá!
E ao olhar ao lado para procurar uma mesa vazia !
Avisto uma menina que muito me intriga!
Mas resolvo não incomoda-la!
Pois la estava ela com uma amiga sentada em uma mesa!
Eu me dirigi ao banco em meio o foco central do SOL!
Eu fiquei olhando para a figura mistificada dessa menina!
Esperando que a mesma olha-se para que eu cumprimentasse ela!
Do nada ela olha eu do oi e sorrio!
Ela me chama para sentar junto delas !
Eu pergunto se posso !
Ela faz um sinal de consentimento e la si vou eu !
E dai conheço 2 pessoas , porem não menosprezando da outra menina !
Finalmente conheço e inicio a conversa com a tão esperada Menina! de nome:
 -----BRUNA---  Sorte , Destino ?


Em fim ! após tantos anos tentando me comunicar com essa Menina!
Descubro que temos muito em comum
Logo de inicio fizemos uma lista de coisas para fazer !
Assim recuperar o tempo perdido!

Ps: Bônus !:::::::

Eu fiquei tão triste ao saber que ela queria falar comigo na crisma ! Perdi uma chance maravilhosa de amizade! Sabe-se lá aonde estaríamos em grau de relacionamento auhua! Seria eu um BFF? ( nem acredito que usei este termo ) E ela faz Questão de não deixar eu esquecer disto!


E aqui Colocarei a Nossa Lista até então  !

1: Tristeza : Por não ter ido falar com ela!
2: Tristeza e constrangimento : Por saber que ela queria falar comigo também !
3: Star Wars: Ver com ela ^^!
4: Truco : Ensinar ela à jogar! mesmo que eu não seja uma pessoa boa com mentiras ou blefe
5: Constrangimento: Pelo fato ocorrido no dia que nos conhecemos!
6: Rir : Muito juntos
7: O Poderoso Chefão: Assistir com ela! o/
8: Desafio: Ela gosta de coisas do tipo! promover um com ela o/
9: Assumir responsabilidades : Como entrar em um hotel para usar coisas e grafitar muros ^^
10: Fazer camisetas: com a Frase !"É entre eu e ela!   By: BRUNA!
11: Andar PELA UFMS ! : ADORAMOS ISTO ! ÁREA DE BIOLOGIA DA MEDO!
12:Tristeza: Ela continua me lembrando que é culpa minha T_T!
13: Prefeita: Ela conhece mas gente que eu O.o!
14: Interação: Realmente fazer coisas juntos
15: Não a massagem : FISIOTERAPIA NÃO FAZ SOMENTE MASSAGENS !
( eles ajudam pessoas a recuperar os movimentos para inseri-los assim na sociedade  novamente )
16: EXP. Microscópio: Ela disse que é legal todos termos !
17: Manipular : Essa digamos que talvez tenha uma pitada minha ! xD
18: Não é legal : Pessoal que pensam que só porque somos legais estamos dando bola '--
19:Não ser simpático: Tipo é entre eu e ela!
20: Tênis sem cadarço : eu uso ela não kkkk! TEM QUE FICAR AMARRANDO!
21: Pic Nic: FAZER COM ELA ! E MAIS ALGUEM!
22: Dar um " oi " Melhor: Melhorar a receptividade
23: Excesso de "Filosofar": eu me empolguei e ela nem tanto ( anotar que ela não curte )
24:Não MENOSPREZAR A ALTURA DA BRUNA: ela definitivamente não curte *****
25: Não Fazer Piadas: Eu sou péssimo nisto !


E ainda estamos fazendo ela!
Pena que eu nem peguei o telefone dela!
 Deveria ter pensado melhor! e agora como encontrar ela de novo ?




PS: Achei ela no FACE ^^!

Vendo algumas coisas eu fico pensando...




Mas espere , eu fico pensando mesmo sem ver!


Porque eu tenho que me ater a algo para pensar ?


Posso talvez pensar para me ater a algo ?
brincar com as palavras por exemplo!






Porem Indo mais além neste conceito!








Eu não estou errado sendo eu ? mas estou eu errado em tomar atitudes fora da minha natureza mesmo sendo elas as "corretas" ! ?






Considerações a parte, o fato seria algo acima de tudo ? 


Entre escolhas !


Porque isso?
Porque aquilo?

Entre sim e não eu tenho que escolher algum ou posso deixar de escolher os dois ?
Questões de neutros? Porque sempre positivo e negativo nunca normal sem  nada relevante ou referente ?

Eu não estou bravo com você! Tem algum motivo para estar?
Porque eu tenho que “estar algo” referentes a você ?


Falando neste ponto de argumento porque temos que escolher as escolhas dadas a nós?
Eu quero escolher a minha “Própria escolha” ( cria - lá se possível)!


Se eu falar neutro , digo que será somente por eu não querer escolher nenhuma das escolhas apresentadas a minha pessoa !


“Não fique bravo, muito menos feliz, fique você! “

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Tempo..







           Sabe o que é pior em tentar ser tudo com todos ao máximo possível ? É que o mundo não nos disponibiliza tempo suficiente para suprir as atitudes necessárias ! eu tento de la , tento de cá! Mas infelizmente mesmo dormindo 2 horas a menos eu não consigo me relacionar direito com todos. Fico triste ao ver fotos de eventos aos quais não pude comparecer mas mesmo para min que comecei com um certo adiantamento em minhas pesquisas e objetivos na vida , é difícil manter uma boa relação em tudo pois alem das dificuldades que eu tenho devo colaborar com problemas alheios de pessoas relacionadas a min ! pessoas que deveriam garantir uma base para que eu posso progredir !
Eu queria poder realizar minhas atividades normais , porem tenho que ter algumas responsabilidades e também travar minhas próprias batalhas pois com grandes responsabilidades sempre tem que ter algo de bom, não ?
                                                 - Eu sinto falta de alguns tempos. !

            Pensar sobre o que fazer e ter vontade de objetos matérias é o que nos torna realmente humanos! Sentir vontade e inveja de situações  diversas, situações as quais você não tem acesso !



              Ver imagens de momentos que você gostaria de compartilhar ! haha! isto sim é desafio ! Mas larguemos de murmurio. Dever é sempre necessário para que no futuro nossos filhos não sofram isso que passamos agora!
               A sociedade nos impõem um caminho e cabe a nós moldar nosso caminho e assim aguentar os desafios e saborear as vitórias pois nos as decidimos! E acreditem quando digo que ainda me mantenho adormecido pois ainda não estou no meu objetivo ! Pois uma vez ele encaminhado eu realmente usarei de todas as habilidades para conseguir o que desejo !
                            O mundo sera pouco perante minha ganancia de conhecimento!

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012




Amigos, pessoas especiais sem definição ainda criada eu no caso " definida " , amores e por ultimo somente pessoas!




Fico feliz em ver amigos aos montes que ainda me reconhecem como " amigo " , pois isso me mostra os frutos de minhas pesquisas e analises ! Dar duro para  conquistar  a amizade de uma pessoa e depois colher os frutos é uma das minhas maiores alegrias !

Ter amigos variados , e assim colecionando , ahahahahh!  é muito divertido ^^!


Eu conheço personalidades diferenciadas em graus estupidamente preciosos ! Conheço também pessoas  pelas quais tenho sentimentos que diferem de um simples gostar de amizade ! Uma energia que move cada músculo do meu corpo involuntariamente ao ver esta "PESSOA" ! Resultando em algo bem hilariante e inconveniente.






Coisas consideradas pela sociedade como absurdas ! Me engrandecem ! conhecimentos desnecessários me mostram um mundo em que a felicidade e algo próximo e fácil de alcançar e depois ! Quando você descobrir o que realmente é conhecimento e ganhar o controle e manuseio das coisas veras o quão simples é de se viver acima do que é ruim!



Por ser assim ! e Saber muito ! Me sinto obrigado a ensinar e ajudar pessoas com meus planos malévolos ! assim considerados pela sociedade reciproca de coração amargurado pela ganancia indescritível do homem

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Menosprezo!

Fluxo de coisas repentinas ! Sentido das coisas ao meu redor! para que tudo isso ! seguindo o fluxo eu sempre levo comigo o sentido certo e exato das coisas! Imagino se sempre serei assim! Curtir naturalmente ainda exige um determinado esforço meu! Ela me incomoda, mas ainda assim eu estou aqui ajudando!


Me leva e traz sempre com diálogos inóspitos! Eu vejo e me sinto triste por ter tanto a oferecer e não ter ninguém aberto a conversas instrutivas e assim aprendendo o que eu tenho a oferecer! 

Fora de época, desnorteado sinto-me ao perceber o quanto inútil me tornei com o tempo ! Sem nenhuma provação digna me acostumei a formas ridículas de analises aonde a minha própria ambição de conhecimento se perdeu em um portal de pura e completa ignorância proveniente de pessoas medíocres de pensamentos entorpecentes!

Neutro

Simples assim!


 Não , sim, tanto faz e nenhum desses ! Eu não preciso ter que escolher entre sim e não! O fato de falar             "não curto você" não significa que eu te odeio,  mas que, talvez, eu nunca tive um motivo para aumentar o conceito que eu tenho com você! Mania das pessoas de ter que escolher um ponto de vista entre o positivo e o negativo! Eu acredito firmemente que o ato de deixar de lado algo sem tomar uma escolha esperada é, as vezes, o melhor caminho para uma vida simples e normal (ou tranquila pelo menos!).

sábado, 14 de janeiro de 2012

Vale a pena ! Vale... sim!

Eu  resolvi atuar de forma diferente de antes , tomarei minhas decisões pois perante a sociedade e pelas regras opressoras  eu sou um ser maior de idade! O que me faz apto a tomar decisões racionais !






Eu escolho ir ou não! se vou vir agora ou depois!   indiferença sim, mas nunca maior do que o nosso amor!








Eu escolhi curti as experiencias pois como serei eu alguém a dar conselho para outra pessoa sem ter vivido algo de importância similar ?








Embora meus consanguíneos não aprovem minha atitude e me rotulem de rebelde e "machinho" Aviso lhes que é só o começo e que agora eu realmente iniciarei minha vida ! que logo sera em minha casa sozinho de perturbações!




Eu conheci uma guria muito legal que despertou algo curioso em min! embora não quero apressar as coisas, acho que teremos um prospero futuro! E além disso conheci pessoas com pensamentos e experiencias parecidas com as minhas o que me permite estuda las da forma que eu quiser ! 








Vida boa que nem a minha só se eu fosse mais auto confiante ! Pois Só assim eu usarei de todo o meu poder para com o mundo! 

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

RECIPROCIDADE

Eu estou cada vez mais assustado com o efeito que o "destino" e a "Coincidência" aparecem na minha vida!..


Conheço muitas pessoas isso eu posso garantir mas conhecer uma certa rede de pessoas que se auto conhecem antes de me conhecerem ! que isso! que coisa mitológica: DE OUTRO COSMO!




Eu ainda estou meio confuso em algumas atitudes, porem tenho para min que esse ano as coisas melhorarão muito! pois até mulher eu conquisto agora! hahahhahaah!




Bom! enfim.  Esse post é mais um declarativo de pensamento do que opinião diversa !
Acredito que a segurança emocional leva tudo a um  patamar acima do normal obviamente !

Ter . ser . pensar. acontecer . e ainda sim viver dentro das regras . regras essas que você caro leitor deve definir baseado no erro de outros e no seu sucesso correto!

A dica acima é a melhor que eu posso oferecer hoje . Porque amanha é outro dia!